05/06/2018

A IGREJA DE SANTO EUGÉNIO , fez anos

















"FOI SOLENEMENTE INAUGURADA A IGREJA DE SANTO EUGÉNIO"





Este foi o destaque que o Diário de Lisboa de 2 de Junho de 1951, fez sobre o evento!


Várias vezes já neste te Blogue se fez referência à Igreja do Bairro da Encarnação, quer em actos religiosos, ou relacionada com a construção do Bairro, e também noticias de jornal ou mesmo fotos relativamente à inauguração.


Esta passagem do conceituado D.L. apesar de ser "mais uma noticia" sobre o mesmo assunto, tem algo de novo, pois de uma forma e estilo muito curioso, descreve com grande pormenor tudo o que se passou nesse dia.


A descoberta desta preciosidade, deve-se a um nosso amigo, que faz da "pesquisa" a ocupação dos seus tempos livres, e que em boa hora encaminhou a sua "descoberta" para outro colecionador de "noticias", que é o nosso amigo Fernando Hipólito, conforme passagem abaixo .










"Olá Amigo
Aqui vai mais uma para poderes continuar a divulga com os amigos os Olivais e o Bairro de Encarnação.
Existe agora um arquivo digital dos Diários de Lisboa desde 1921 a 1990, o DL foi sempre o meu jornal de referência.é só ir ao google e pesquisar o exemplar do dia e ano, depois é o prazer de ver jornalismo  do melhor, comparado com a porcaria que estes putos fazem agora é comparar a àgua com o vinho.
Escolhi 3 temas:
1 - ......................................................
2 - Reportagem da inauguração da igreja de Santo Eugénio.
3 - ..............................
Um Abraço
Z."
"AMIGO.
MAIS UMA VEZ TEMOS HISTÓRIA ATRAVÉS DE UM AMIGO,QUE FOI BUSCAR INFORMAÇÃO AO DIÁRIO DE LISBOA. HOJE PODES LER SOBRE A INAUGURAÇÃO
DA IGREJA DE SANTO EUGÉNIO.
ABRAÇO.
HIPÓLITO"







AGUARDAMOS MAIS NOTICIAS DO NOSSO TEMPO.


  

21/04/2018

PARA AJUDAR AUTARCAS TEMOS O JOÃO RALHA

             PARA AJUDAR AUTARCAS TEMOS O JOÃO RALHA




Pois assim é........o nosso amigo João Ralha, volta a publicar um livro que, contrariamente a todos os livros, é uma obra que tem benefícios imediatos para todos nós. . 





com prefácio do conceituado Dr. Basílio Horta...que finaliza;

("Os considerandos agora sucintamente elencados visam tão só reproduzir as mais frequentes preocupações dos gestores autárquicos, ante a atividade que quotidianamente desempenham em representação e no interesse daqueles que em si confiaram, a qual reclama e determina a adoção das melhores soluções gestionárias, preocupações marcadamente subjacentes à motivação dos autores do presente livro, o qual constitui um muito relevante e enriquecedor contributo para o enquadramento teórico e sistemático da gestão autárquica.

Basílio Horta
Sintra, dezembro de 2017")
Não se poderá dizer que é uma síntese de algumas medidas para a gestão das autarquias, mas sim, quiçá, o modo correto de administrar o dinheiro dos "fregueses"...coisa que mau grado os nossos desejos, tem sido muito mal administrado .


A divulgação do livro, ocorreu há dias, com elevada "plateia", na emblemática "Sociedade de Geografia". 









Se queres ser esclarecido sobre o tema, aparece na Casa da Cultura dos Olivais. Se queres dar um abraço ao teu amigo, aparece na Casa de Cultura dos Olivais. às 18 horas  do dia 3 de Maio




19/03/2018

QUERES VER OS TEUS AMIGOS DE INFÂNCIA???


                          




                                                          OLÁ AMIGOS



Este ano é a 29 de ABRIL de 2018 o


 almoço/convívio anual da Juventude dos anos 50/60
               do Bairro da Encarnação


        
                reserva JÁ ESTE DIA PARA O REENCONTRO COM OS TEUS AMIGOS.
                                                  NÃO ADIES ESTE MOMENTO


                       brevemente A ORGANIZAÇÃO DARÁ MAIS INFORMAÇÕES

15/02/2018

A ESQUADRA "FOI À VIDA"



A ESQUADRA, AS ESCOLAS, A IGREJA, O CRP nº5,   O CARE  AS PADARIAS E OS BOMBEIROS.....são os símbolos máximos do Bairro, ....mas entretanto  ;


Como é do conhecimento quase geral, a esquadra .........foi-se. chegou a sua vez !

São os caminhos do tempo a fazer o futuro, quer queiramos ou não, gostemos ou não.  Dos vários comentários, que se têm ouvido, ainda ninguém esclareceu o que vai sair dali, mas todos se manifestam com azedume pela demolição dos edifícios.


E


Entretanto o nosso amigo Leopoldo, quis memorizar as recordações traquinas  e a função social que aqueles dois edifícios prestaram, sobretudo a uma juventude , sem paralelo, mas que deu muito trabalho, aos saudosos agentes.  Certamente muitos de nós se lembram de alguns deles, e só nao se faz aqui referência a vários nomes porque alguns, e pelos piores motivos, só sabíamos as alcunhas.


EIS AQUI O BELO POEMA  EM HONRA NÃO SÓ DOS EDIFICIOS DEITADOS A BAIXO     (NÃO CAÍDOS), MAS SIM DA ESQUADRA, SEUS AGENTES, E INEVITAVELMENTE DOS MIÚDOS!